Thursday, Nov. 23, 2017

Comportamento: A farda e o Ego!

Escrito por:

|

7 de março de 2015

|

Publicado em:

Comportamento: A farda e o Ego!

Fomos educados para respeitar as fardas e os uniformes de todas as corporações, porém essa visão saudosista está ficando ultrapassada. De certa forma é compreensível diante de tantos fatos vivenciados no cotidiano. Infelizmente alguns agentes estão colocando as suas corporações ou empresas do mesmo seguimento em puro descrédito. É lamentável! Infelizmente essa minoria mancha e deturpa a imagem da classe. Há muitos profissionais sérios os quais merecem toda a admiração. Quem sabe a super valorização dos “marginais” esteja contribuindo para o declínio da credibilidade diante da classe.

Outra questão é a postura de certos “profissionais” que confundiram autoridade com brutalidade. O cumprimento do dever hoje esta aliado ao reconhecimento não pelo trabalho mas o quanto ele vai render para a divulgação pessoal. Não deveria ser assim mas, está se tornando natural. As pessoas temem os profissionais das organizações, os mesmos que teoricamente teriam que estar a serviço delas. De outro lado, o trabalhador honesto tenta sobreviver a essa dualidade correndo risco de morte com salário que não valoriza a sua posição na sociedade.

Quantos profissionais adoecem? Morrem? Ou são ameaçados pelos marginais do mundo do crime e pelos companheiros de profissão os quais se corromperam pelo sistema do “jeitinho”. E as mães que choram sobre os corpos dos filhos mortos por estes “homens sem lei”. A violência nunca foi nem será a melhor maneira de resolver os nossos problemas.

Não é uma narrativa imaginária ou um enredo de novela , filme ou série, é a realidade. O que fazer? Sim é a pergunta que fica em meio a tanto caos. Será que as coisas mudarão ainda mais, o que nos resta, esperar? Apesar de tudo isso ainda vale acreditar no ser humano com ou sem farda. Aos fardados corrompidos lamento o rumo que vocês tomaram na suas carreiras. Honra?! Talvez jamais saberão o significado desta palavra, aos que cumprem o seu dever todos os dias , continuem acreditando no HOMEM, ainda que esteja difícil.

Talvez algumas palavras possam mudar este caminho: Educação, Honra e Respeito. Não vamos deixar que o individualismo ou o egocentrismo sejam as palavras das novas gerações.

Por,
Emanuela Silva
Jornalista e Colaboradora do Blog

Leia também:

Share This Article

Related News

Comportamento: Crise de identidade
Cultura: Publicitário criciumense lança livro de poesias e crônicas
Comportamento:  Questões para repensar ou discordar. A escolha é sua!

About Author

mairarabassa



Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>